quinta-feira, fevereiro 7

. talk about .

não falo muito de mim. já faz muito tempo que tenho deixado de falar de mim. uma ou outra vez falo como um personagem. um eu lírico meio freak e testemunhal. a razão é bem simples: a repetição. já falei muito de mim toda vida e se repetir é uma coisa triste. marx dizia que a vida se repete em forma de tragédia ou comédia. das tragédias já estou cheio e a comédia é um ponto de vista que espero um dia chegar.

mas vamos falar de você: como vai hoje em dia ?

2 comentários:

Ana disse...

O Carnaval traz ressacas que não são de alcool.

criscalina disse...

farta de falar de mim.