terça-feira, dezembro 23

feijão

tenente jonas contou-me esta história em um treinamento para brigadista:

"-- a época de natal é muito estranha. todo ano alguém morre de feijão e solidão.
-- feijão?
-- sim. a demora de se cozinhar o feijão faz com que ele seja preparado primeiro. mas as pessoas que moram só, numa cidade como esta, cansadas, às vezes acabam dormindo enquanto esperam. o feijão se queima e exala monóxido de carbono que é letal. mata sem que se perceba.
-- nossa, que triste.
-- o mais triste é que todos sempre deixam o arroz já lavado."

Um comentário:

Natalie S. Dowsley disse...

=O
... ainda estou refletindo sobre tudo isso!... que coisa!!!...
Não é o feijão que me impressiona mais (ele me impressiona muito tb!), e sim a "solidão ao quadrado"... não tinha niguém pra salvar a pessoa daquele feijão...